/ Morar no Canada

26nov 2012

Canadá: O Vôo Com as Crianças – parte 1

Postado por às em Canadá, Família, Viagens

Enfim, chegou o grande dia… fomos primeiro pra Sampa pra casa do tio do marido que fica perto do aeroporto de Guarulhos.
Nem fomos abarrotados, né?
Fizemos isso por alguns motivos: nada de pegar TAM do Rio pra São Paulo com cachorro indo como carga, zelo muito pela vida do meu filho; outro motivo foi porque como não vendemos nosso carro no Rio, entregamos ele pro meu cunhado levar pra vender em Rio Claro (já havíamos deixado procuração com ele pra vender com calma), então foi até bom pois conseguimos nos despedir dele de novo.
Nosso vôo estava marcado pras 22:25 do dia 9 de novembro, chegamos lá de taxi (ó nós no taxi:)e super cedo (17:00) porque não sabíamos como ia ser o checkin do Bartô e também porque já perdemos um vôo na França por 4 minutos de atraso (hahaha :P), fizemos o checkin das malas e pagamos a taxa da Filó (que iria com a gente na cabine) e do Bartô (zilhões mais caro e pra ganhar cabelos brancos de preocupação), ficamos na area de fumantes com o Bartô no chão fazendo xixi e passeando, esperando dar 20:40 pra ele embarcar…

Demos 5 gotinhas de dramim pra ele (recomendado pela veterinária) e entramos no aeroporto de novo, nisso, Filozinha super calminha e quietinha (conseguimos que ela tivesse feito xixi e cocô antes de irmos pro aeroporto), na hora de falar com o atendente responsavel pelo Bartô na Air Canada, ele disse que o vôo havia sido cancelado (oi?!)!!! Como assim?!?
_ Por que?!?
_ Motivo de manutenção
_ ah… Então tá ótimo! Quero chegar viva!
(Vamos lembrar que tenho pavor de avião? e que Rio-São Paulo também foi feito de carro porque eu posso chegar de carro?!)
Eles estavam dando hotel pra todo mundo, mas esse hotel não aceitava animais… Ok.. Pagaram taxi e voltamos pra casa do tio do marido.
Dia seguinte, vôo às 13:05, checkin ia abrir as 9, chegamos as 8:20. Filó, puta da vida, miando horrores e saindo direto da caixa dela, Bartô, nem aí pra hora do Brasil (dramim do dia anterior acho que nem fez efeito, mas…).
Mesmo processo, ficamos até 11:40 passeando com Bartô até ele ser despachado… demos o dramim pra ele E pra ela (2 gotinhas pra parar de miar hehe), e entregamos ele pro moço da Air Canada… Chorei horrores!!! Lá foi ele pra um elevador e fomos nós atrás… e eu chorando… e então entramos na area onde tem o freeshop, essas coisas…
O vôo inteiro já conhecia a gente por causa deles.. E todo mundo falava com a gente… já praticamente não existia um gato… Filomena tava acordada, mas quietinha.. Toda linda e comportada.. Ah.. O Dramim.. <3
Quando era pra gente entrar no avião, eu perguntei pra atendente da Air Canada (lembrando que TODOS já conheciam a gente) e ela disse que o Bartô já estava no avião e que já tinham passado pelo rádio pros funcionarios e tripulantes… Mesmo assim, quando entramos no avião, falamos que tinha um cachorro e eles disseram que já sabiam também.. :)(Nunca é demais falar a mais nessas horas pra controlar o coraçãozinho da dona viajando com o cachorro de avião, né?!)
E pronto.. Simbora pra Toronto pra primeira parte da viagem com uma gata chapada…
E posso dizer que não sei se eu estava nervosa com Bartô lá embaixo e com a gata pronta pra fugir, mas esse vôo foi o que eu menos fiquei com medo na vida! Chorei, lógico, mas… tinham outras preocupações na minha cabeça além da minha vida hahah.
Bora ver um filminho?! (Na verdade vi um documentário da Kate Perry e marido viu uns 3 filmes)

E pro post não virar um livro, a segunda parte vou colocar amanhã ou depois.. mas preparem-se que terão cenas muito emocionantes.. de rolar lagriminha!! (vídeos virão, aguardem..)

12set 2012

Finalmente!! Entrada no Visto!!

Postado por às em Canadá


AHHHHH!! Caceta! Finalmente hoje demos entrada no visto!!! Estávamos mega nervosos porque o tempo está passando e já tinham 15 dias que o LMO estava pronto e nada dos advogados da empresa do marido mandar a papelada! A gente já fazendo as contas e só pensando: Putz.. não vai dar tempo.. O que a gente pode fazer pra adiantar?
Marcamos segunda-feira o exame médico, que tem que ser o que o consulado indica, daí vamos lá amanhã tomar a facada e fazer o Raio X do torax pra ver se não tem tuberculose (ok.. NUNCA fiz esse raio X na vida e estou APAVORADA! Marido fez há pouco e não deu nada, mas eu nunca fiz.. não sei se tive alguma pneumonia mal tratada, nem se tenho qualquer outra marquinha no pulmão pra eles encrencarem… fora a hipocondríaca que acha que qualquer coisa que tem é câncer, né? Óbvio que minha tosse nervosa apareceu – sim! Eu tenho e descobri que era nervosa quando mamy foi embora e um amigo meu me disse que tinha também – e eu não tinha a tosse há 4 anos, já estou com ela desde que apareceu essa história do Canadá.). Pelo menos enquanto eles não mandam o requerimento do exame, vamos fazer exame de sangue em laboratório com calma, nada de pagar R$ 300,00 cada pra saber se somos HIV positivos, essas coisas. Vamos pagar só o Raio X que é baratinho e fazer no consultório do médico indicado mesmo.. e a consulta facada também (vamos tentar colocar isso na conta da empresa rs).
Mas finalmente, hoje entregamos as 92856289756 de folhas que precisa pra dar entrada no visto, vamos esperar o pedido do exame médico, e como já vai estar feito, vamos levar o pedido pro médico que já vai estar com tudo nosso pronto e ele vai enviar pra Ottawa… de lá, sendo aprovado, eles enviam um documento pro Consulado do Canadá em Sampa e só aí que chega no VAC daqui do Rio e PRONTO! Partiu!
Esse processo todo demora quase 2 meses, acreditamos que com essa história de antecipar o exame médico, vamos ganhar 1 semana, ou seja, início de novembro vazamos.
Compramos pros meus sogros ficarem felizes e falantes com a gente um telefone do Skype, é muuuuito legal! Deu até vontade de ter, rs..  sogrinha vai ficar feliz :D Já que a tecnologia não é muito o forte dela, rs..  (apesar de agora ela ter até entrado no Facebook!! Muito muderna)

Decidimos também vender TUDO! Foda-se! O que temos de novo (novíssimo) é o nosso escritório (ok, outras coisas também), mas de móveis, quase tudo da época da minha mãe, então voltando de lá, vamos montar a casa com a nossa cara. Ou seja, em breve, terá um site com tudo à venda e vamos reservar pros amigos, porque se não sair o visto, mantemos as coisas, mas saindo, temos que nos desfazer em no máximo 2 semanas. Correria? Imagina. O pior de tudo é o carro, lindo e novo. Judiação.

06set 2012

Meu Bartô vai como carga… :(

Postado por às em Canadá

Ser mãe de animal não é nada fácil… rs.. Viajar com eles então dá muuuuito mais dor de cabeça do que filhos humaninhos..
Bem, delegamos algumas funções aqui em casa. Já que não podemos fazer muita coisa, pois não sabemos nada do visto estamos adiantando nosso lado. A missão do marido é fazer um site pra vendermos nossas coisinhas pros amigos, na verdade não vai ser vender e sim reservar, vender mesmo só quando o visto sair. A minha missão essa semana era ver a viagem do Bartô na cabine com a gente gostosinho.
Como devemos ir pela United Airlines por ser mais barato e por eu saber que eles dão mais valor aos animaiszinhos, resolvi me informar, pois no site deles não tem limites de peso. A parte de animais no site da United é bem explicadinho, porém não ter limite de peso, mas mesmo tendo as dimensões da caixa de transporte na cabine, eu precisava ligar pra na hora eu não tomar um susto e ter que me despedir dele ou até mesmo não viajar.
Liguei para o número 0800-7027500 e falei com uma mocinha mega simpática (adoro!) que disse que realmente não tem limite de peso, mas que pelo tamanho da bolsa de transporte, o animal deveriia ter uns 6 quilos no máximo, daí ela me passou as medidas: 28cm altura x 28cm largura x 45cm de comprimento. Bartô tem 37 de altura de cabeça baixa, todo corcunda, ou seja, ele não cabe nas medidas. Daí a mocinha simpática me deu o número do pessoal de Cargas da United que fica no próprio aeroporto daqui do Rio: 3398-7272, falei com um rapaz que sabia o que falava e me deu atenção por 10 minutos!!! AMO!
A pessoa aqui quase chorando no telefone, doendo a garganta de prender o choro, mas firme e forte na voz (ou não), tirou todas as suas dúvidas. A United não deixa o animal embarcar como carga através de pessoa física, direto no balcão, ou seja, precisa de um agente de cargas que faz tudo por você que é deles mesmo (United Cargo), daí eles fazem tudo, desde ir no Ministério da Agricultura pegar o documento pra entrar em outro país, quanto levar meu Bartozinho pra dentro do avião com todas as documentações certinhas. O que mais me confortou, foi quando ele disse que na conexão em Houston, eles vão pegar o Bartô, soltar ele num canil pra ele esticar as pernocas, comer, beber água e receber um carinho até o embarque novamente. Infelizmente nós não vamos ter acesso a ele nesse período, mas ele vai estar sempre no mesmo vôo que o nosso.
Além disso, ele também deu a dica para pegarmos vôos de segunda a quinta, porque animais como carga são considerados importação, então a alfandega de lá fica muito cheia no sábado e no domingo ela não abre, daí teríamos que pagar uma estadia pra ele no aeroporto porque ele não poderá sair de lá!!  Adorei essa dica também!
Não é pra eu me sentir beeem mais segura? Não chegou a sair nenhuma lagriminha!!!
E agora na segunda, o Sr. Osmar da Cargo vai me passar um email com um zilhão de informações e a facada pra despachar a criança…

21ago 2012

Nosso Processo pro Canadá

Postado por às em Canadá

Bem, vamos às últimas atualizações (cada vez mais ansiosa e com raiva de ser um processo burocrático e que estamos ainda de mãos atadas, não podendo adiantar nada, nem ver nada):
Ainda não saiu o Work Permit (Permissão de trabalho que precisamos pra dar entrada no visto). Era pra sair essa semana, mas na verdade não era nada disso! Tem um processo a mais no tramite, existe um tal de LMO (Labor Market Opinion), e é com esse documento que prova pro governo do Canadá que a Sony não tem nenhum canadense apto pra preencher o cargo do marido, com esse documento, a Sony envia pra um outro lugar que aí sim liberam o Work Permit. Reza a lenda que esse LMO vai sair sexta, no maáááximo segunda, daí sim eles vão dar entrada pro Work Permit, que não sabemos quanto tempo demora pra sair… e só aí damos entrada no visto canadense, que parece que demora agora 1 mês e meio (disseram 2, agora diminuiu.. ok).
O pior disso tudo é que oficialmente vamos no frio.. muito provavelmente o visto, dando tudo certo, sai no meio/final de outubro e daí só em novembro que vamos pra lá. Queria tanto ir no início de outubro.. mas não vai ser assim.. ok. Mas espero que realmente saia e que o mundo não acabe em 21 de dezembro de 2012 (eu tenho medo do Big One que é o terremoto que é esperado na costa leste dos EUA e que de lambuja deve pegar um pouquinho o Canadá, ninguém que tá no Canadá tme medo disso não?!, Tô me cagando de medo da maremoto!!! Mas isso é papo pra outro post).
Bem, é isso. Tô ansiosa.
AH! E tascaram uma empresa de consultoria de realojamento pra falar com marido e eles já enviaram um monte de informações sobre que documentos levar das crianças (a mulher até pediu foto deles e disse que eles eram fofos demais!! Eu sei.. eu sei..) e vão nos dar outros suportes, sobre seguros, cursos gratuitos, vão procurar apartamentos que aceitem 2 animais, etc, muito legal e chique hehehe.

06ago 2012

:O Big News!!!

Postado por às em Canadá

Folha do CanadaAgora estou liberada, algumas pessoas sabem, mas a maioria não.. e eu não podia contar porque minha sogra ainda não sabia, então já viu, né? Mas… estou indo morar no Canadá (ou não)!!!! 8-O Como assim?!?!?! Explico-me:
Marido foi chamado pra trabalhar na Sony, no longa Os Smurfs 2 e é o maior sonho dele.. lembram que falei de sonhos?! Pois é.. ele já havia trabalhado em longas internacionais, mas diretamente do nosso escritório, sempre via online.. Perfeito, né? Sim! Já tínhamos até desistido de ir pra fora.. porque o sonho dele era participar de longas gringos.. 1 semana antes da Sony mandar email pra ele, a gente tinha até conversado:
Ele: _ Sabe, não penso mais em morar fora…
_Também não.
_Aqui tá tão bom, ne? O Rio é tão lindo e estamos tão bem, morando bem, qualidade de vida, você com sua carreira crescendo, com nome no mercado e eu com a minha fazendo meus longas daqui e trabalhando numa empresa bacana, né?
_ É!

1 semana depois… “Hey Alan… “:
_Mo, recebi um e-mail da Sony.. vou responder só pra ver qual é, mas não vai dar em nada porque ano passado não deu certo, não vou arriscar tudo pra ir pra lá..
_ Ok.

Dia seguinte toca o telefone:
_”Hi Alan…”
Desliga o telefone.
_Mo! O diretor do filme me ligou.. acho que vai rolar.
_ Será?
_Não sei..

Dia seguinte, triiiim:
_ “Hi Alan.. ”
Desliga o telefone.
_ Mo! A recruiter da Sony me ligou.. precisamos conversar…

E o resto vocês já viram, né? Quando a gente menos espera é quando acontece..
Estamos no processo do Work Permit onde a Sony precisa provar pro governo do Canadá que não existe animador canadense capacitado para o cargo e daí eles nos dão um documento pra pegarmos o visto. De lambuja, estamos tentando pegar visto de trabalho pra mim também (sideibem).
E quando seria somente a nossa próxima viagem de férias… estamos indo pra morar teoricamente até março.. Eu, marido, Bartolomeu e Filomena. Todo o processo, acabamos de ficar sabendo, ainda deve demorar umas 2 semanas pro Work Permit sair e 2 meses pro Consulado do Canadá no Brasil liberar o visto, ou seja, só final de outubro… frrrrrio!!

Muito provavelmente muitos dos próximos posts serão sobre meu drama de levar as crianças (meu primeiro choro não foi a falta da família e amigos, foi imaginar o Bartô indo pela esteira do checkin ficar longe de mim por 17 horas todo coitadinho dentro da caixa de transporte triste, todo se tremendo de medo :´() e todo o processo que anda acontecendo, meus medos, etc..

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...