/ Amigos

26ago 2013

O Chá do Baby no Canadá e Virtual no Brasil

Postado por às em Amigos, Gravidez

Sabe o desanimo em pessoa? Era eu com relação ao chá. Na verdade nunca tinha pensado na vida em fazer um chá de bebê, muito menos morando no Canadá. E olha que sou a pessoa mais festeira e que ama um pretexto pra ver os amigos.
Mas quando Ana Paula fofamente me falou que estava planejando com a Lu o famoso baby shower e me disse pra eu fazer a lista de convidados, escolher o dia e local e fazer a lista de presentes que o resto elas organizariam comecei a me animar e a ficar sem graça também com tanta dedicação. E vejam só que coisa mais linda que ficou!!! Chorei.

Pra parar no tempo com essas lembrancinhas que são toalhas em formato de cachorrinhos, né?

A brincadeira mais legal do mundo!!! Adivinhar quem era quem na foto! Errei a maioria hahaha

Foto clássica que não combina com a gente!

_ Mas você não tá com diabetes gestacional?
_ Sim!!! Mas minha nutricionista liberou!!!! Comi até o cú fazer bico. (E congelei o que sobrou pra comer nos momentos de desespero da zumbilândia, ops! da amamentação da madrugada)

Chegando em casa, o encanto ficou ainda maior, junto com os presentes vieram os cartões. Morri!

E aí, dias depois, você está em casa com seu marido vendo tv e toca o interfone:
_ Encomenda pra Sra. Carol.
Franzimos a testa e de repente chega uma caixa GIGANTE aqui em casa. Quando abrimos… UM MONTE DE FRALDAS!!!!! ZILHÕES!!!!!

E o recado mais fofo do mundo:

Eram das minhas amigas blogueiras lindas que amo tanto não virtuais!!!! Elas fizeram um Chá de Fraldas Virtual, não é pra ficar louca e se sentir mega abraçada?
Maaaaaas! Não parou por aí!!! Logo depois (uns 30 minutos), toca o interfone de novo!!! E…..

MAIS FRALDAS!!! E wipes!!!! Meu filho vai ter a bunda e o pinto mais cheiroso do mundo!!! <3 <3

Ah.. essa internet… quantas pessoas especiais surgem a partir dela….

Ana e Lu: Mais uma vez não tenho palavras pra agradecer o carinho e dedicação do chá.. coisa mais linda!!!!

Rita, Bryan, Bella, Sil, Curtis, Rafa, Aninha, Biba, Marcelo, Brenda, Berto, Tania e David: Obrigada por terem ido e por tanto carinho. Amizades novas e preciosas. <3

Drika, Danee, Elly, JúL, JúM, Silvia e Wal: assim vocês me matam do coração!!! Sem palavras… mesmo estando longe senti o abraço de vocês. Queria muito poder abraçar vocês fisicamente. <3 Muuuuuito obrigada!!!!

 

17mai 2013

Valores e Prioridades

Postado por às em Amigos

Hoje vou falar sério porque é algo que me atormenta e me deu vontade de escrever pra ver se isso sai da minha cabeça.
Sei que cada um é cada um e que a vida nos leva a mudar os valores, mas eu vejo tanto arrependimento depois que me trás um sentimento estranho, talvez de dó, quando isso acontece com algum amigo ou pessoa próxima, mas logo depois essa dó se transforma em: “Eu sabia e o tempo não volta, aprendeu?” E muita gente não aprende.
Eu sempre fui daquelas que tem em mente o “Carpe Diem”, mas na maioria do tempo me vejo parada sem fazer nada. Aqui mesmo noutro dia bateu um desespero, porque estava em casa coçando toda embuxada e pensei: Meu Deus! Não tô aproveitando minha vida antes de ser mãe! Tô aqui sentada no sofá olhando pra parede, jogando Candy Crush, ou dormindo e a vida lá passando!! Como assim?!?! E se acontecer alguma coisa? O que eu fiz nos últimos dias?! PN!!!! Já tiveram semanas aqui que fiquei em casa todos os dias e na sexta, dia de sair e encher a pança com comida da rua, eu falar pro marido que queria ficar em casa.. Oi?!?!
Agora não.. como está escurecendo as 9 da noite, marido mesmo saindo as 8 (ele tem saido as 6 Yey!) dá pra busca-lo no trabalho com meu barbudo querendo avançar em todos os cachorros maiores que ele, mas confesso que dá preguiça e quando meu pensamento é vencido pela procrastinação (falei bonito! adoro quando vem palavras difíceis) eu fico em casa, mas ultimamente tenho me forçado a ir pra rua dia de semana. O ruim é que como sempre digo, sou dependente de amigos e não gosto de fazer nada sozinha e aqui perto não tem ninguém disponível.
Voltando aos valores e ao que está me deixando chateada, são valores de amigos e família. Estão todos longe e eu passando por um dos momentos mais importantes da minha vida e quero compartilhar tudo com todo mundo que amo! Algumas coisas eu escrevo e outras eu quero Skype ou Viber, mas tem notícias que não se dá por um torpedo e a gente grava todas as reações pra depois mostrar pro baby teen que mesmo longe, tem um bando de gente torcendo e curtindo. É muito legal ouvir gritos do outro lado, pessoas chorando, sacaneando, curtindo todo esse momento com a gente. Mas infelizmente, não é todo mundo que abre mão de pequenas coisas como mudar um pouquinho da rotina como jantar 20 minutos mais tarde, ou ver um filme (em casa) depois, pra ter uma novidade que, teoricamente um dos melhores amigos, tem e é super importante. Eu e Alan largamos tudo  quando sabemos que é algo importante pros nossos amigos. Cansamos de adiar coisas de nossa rotina, ou nem fazer, pra poder ouvir nossos amigos. Lembrando que eu falo de rotina e não coisas que não podemos desmarcar, mesmo assim, já chegamos atrasados em compromissos pra poder estar ao lado de amigos.
Pra mim, existem 3 coisas importantes na gravidez: a descoberta dela, a descoberta do sexo e o nascimento. Se a criatura mexe o tempo todo e de sacanagem aperta o tempo inteiro teu intestino, fazendo você soltar pum do nada, isso é relevante e pode ser contado depois, via torpedo ou via email, mas as outras 3 coisas são importantes.
Estou chateada sim, porque ainda não contei pra 2 pessoas que dou muito valor (e que teoricamente me dão, mas não podem mexer nada da vida metódica) qual o sexo do baby ( não contei aqui ainda porque não temos 100% de certeza.. depois explico o porque) e provavelmente eles vão saber via Facebook, ou via qualquer outra coisa, porque estou cansando. Não quero contar de outra forma, mas acho que vai ser assim. E digo ainda que queriam que eu contasse via whatapp (oi?!), falei que queria contar com Alan do lado via skype e a pessoa ficou chateada. Chateada tô eu! E sinceramente? Quando contamos que estávamos grávidos, foram os que reagiram de forma mais estranha, mas isso não vem ao caso.
Maaaaas.. graças a Deus a vida nos faz seguir, mostrar o real valor das coisas e ver que tomamos decisões certas e perfeitas. E o melhor é o Canadá me mostrar isso tudo, que mesmo longe, sei quem está por perto e quem tem o mesmo pensamento que eu. Tenho certeza dos meus valores e das minhas prioridades e nela são meus amigos e família.

13mai 2013

Meu Primeiro Aniversário em Terras Canadenses

Postado por às em Amigos

Marido costuma falar que sou a parte social da casa… tenho que admitir que é verdade. Se dependesse só dele estaríamos em casa engordando sozinhos.. mas pra que engordar sozinhos se podemos levar os amigos juntos, não é verdade?!
Sou uma pessoa extremamente dependente de amizades e no Brasil tive uma crise de depressão por ter me mudado de bairro (muito longe de tudo), tanto que um mês depois eu tava chorando e de repente tinham umas 30 pessoas num barzinho comigo (AMEI!!).
Antes de vir pro Canadá, marido me fez gravar o vídeo-remédio da depressão, onde eu falava pra segurar a onda porque tudo ia dar certo e a fase ia passar. Nunca precisei vê-lo. :D Canadá me encantou de uma forma que mesmo enfurnada dentro de casa eu estava feliz (ok, com Skype todos os dias com uma amiga e várias outras pessoas, mas tá valendo).
Nesse meio tempo, conheci alguns brasileiros queridos e foram com eles que passei comemorando meu aniversário. Sem Outback aqui (Buuuu!! Precisava ter um defeito, né?), comemorei depois de uns 10 anos (ou mais!) em outro lugar, no Back Forty Saloon (ele vai entrar no Papo de Gordo de abril ;) ):

Não é Outback, mas rolou um sorvetinho!!! (observem como errei na mão do corretivo?! Credo)

Mas a melhor parte estava pro final de semana. PICNIC!!!!! Eu simplesmente AMOOOO picnic!!! Sempre que podia eu sugeria até pros meus clientes pro dia da sessão de tanto que amo! Fizemos um encontro de blogueiras MARAVILHOSO e aproveitamos e comemoramos meu aniversário! Ou seja, teve bolas, bolo caseiro, cupcakes, brigadeiros e até Serenata de Amor!!! Que dia mais feliz!!!!AH! E o mais importante!!! PARABÉNS COM PALMAS!!! EEEEEE! (já falei aqui do mico que paguei batendo palma sozinha num aniversário de um canadense?! Não?! É.. eu sempre esqueço de fazer o post dos micos..).
Mas vejam só que dia feliz, que pessoas lindas e queridas. Marcamos: Eu, Ana do Colorida Vida, Lu do Nicolilando e a Rita do Botõezinhos. Só chiquesa!!! E num lugar lindo chamado Horseshoe Bay. AMEEEEI!!!!! A Rita era a única que não conhecia, mas ela é uma fofoleta de morrer!!! Tô muito bem servida e acolhida aqui no Canadá. <3


Todo mundo batendo palma!! EEEEEE!!! Até o Bryan que é canadense!!! ahahah

Eu, Lu, Rita e Ana.
O mocinho mais lindo do mundo!!! Com o cartão que ele escolheu pra mim!! <3 <3
Essas duas fotos acima foram feitas pela Ana <3
Pena que a Ana já tinha ido embora.. :( No próximo encontro terá essa foto com ela e as meninas sem falta!! :D
(Detalhe: Observaram o look verão?! Foi a primeira vez que arrisquei sair com 1 calça só e de camiseta… morri de calor e com 20 graus!!! A sensação térmica daqui é definitivamente diferente da do Rio, 20 graus no Rio é bota na certa!! )

As meninas também fizeram um post sobre nosso encontro MARA, dêêm uma olhada:
Botõezinhos
Colorida Vida
Nicolilando (hilááário!!!)

 

22nov 2012

Canadá: Do Começo | Despedidas e re-despedidas

Postado por às em Amigos, Canadá, Família

A parte mais legal de todas da mudança foram definitivamente as despedidas!! Não encarando despedida como uma coisa ruim, mas sim como um pretexto pra se encontrar, foram 2 semanas frenéticas com zilhões de despedidas!!! Almoço e janta!!! Amei mais que tudo!!!!
Vou colocar até com data pra ver o nível da parada!!! Hehehe

Primeiro foi lá na semana de Rio Claro.. dia 13 de outubro: compadres com minha Alicia na barriga (ok! Da pra ver minha bebê ali timidamente) e Erica e Bruno.

Almoço de aniversário, dia 21 de outubro, aproveitando e despedindo de grande parte da família, mas aqui são as primas Dri e MarcelaBest mousse ever!!

Despedida da minha imãzinha Thalita com minha Lilloca, a mais linda do mundo!! Almoço dia 26 de outubro com a melhor comida do mundo: Strogonoff!!

Dia das irmãs e dos strogonoffs!! Jantar com minha irmã-vida-gêmea Malu, rolou até flambada!!

Dia 27, despedida com os cumpadis, Felipe e Dani, best friends forever!!

Dia 29, dia das blogueiras mais lindas do mundo!! JuliaL, Danee, mãe da Danee, JuliaM e Silvia. Pastel sempre!! (Aqui não tem!!! buáááá)

Dia 30, almoço no museu com minhã irmã de coração que momy me deu, Aninha e os amigos queridissimos de momy: Andreia e Renato.

Almoço dia 31: Concorrência não existe pra gente!! Fotógrafas lindas que me fazem chorar: Camilla Mello, Nivia Faber, Rita Kessler, Lia Lotito, Diani Fernandes e Regina Reis.

Dia das fotógrafas!!! Mais fotógrafas lindas do meu coração no jantar: Patricia Paiva (Manu mega sorridente!!! Morri), marida Bia Backer, Ana Telma, Aline Sena, Erika Rodrigues, Nathália Peçanha e Paula Pimenta… AMOOOO!!!

Dia 01 de novembro: Despedida de família… pizza!!!Pra surpresa minha que me fez chorar, minha tia linda fez o melhor mousse do mundo!! SÓ PRA MIM!!!!! Muuaahhhhh

Dia 02 de novembro: Mega despedida!! Cabeçada que nem sei quantas pessoas foram. Pessoal que era do trabalho, extintas Seagulls Fly e Labocine juntos. Pra minha surpresa, Rodriguinho e Tice foram!! Eles tinham acabado de ter filho e deram uma passadinha!! Owm….. (Duda e Camila ex-futuros vizinhos também foram :D)Lindas!!! I’m gonna miss you!! Ju e DaniNão vai!!!Galera da Labo <3Galera da Seagulls e com a celebridade do momento, Gaveta! ahahaha

Dia 03, mais comilança!! Descobrimos a Tia Palmira.. caro, mas nó!! Perfeito!! (Tirando o atendimento). Despedida com as blogueiras lindas Lili e Danee (again). (Lili, tô te esperando no verão daqui pra gente ir pro Alaska, hein?!! OBA!!)

Dia 04, re-despedida com minha irmãzinha Thalita!!! AMO! AMO! AMO! (Alan dando um de Chandler)

Dia 04, janta (só engorda, hein?!). Re-despedida com o melhor presente que minha profissão pôde me dar, meu anjo Aline Sena, com Leo e Nic (que na próxima foto ele mostra o dom no sangue)

Dia 06: Última despedida (re-despedida) do Rio, cumpadis!!! :’\ <3 Sempre!

Dia 08: Despedida com sogrão!!! Minha sogra linda disse que não ia aguentar e ficou em casa.. :( Tio Mario, Ivanilde e Fernanda, ficamos na casa deles por alguns dias.. muito obrigada!!!!

Dia 09: Despedida da minha irmã paulista mais linda: Susi!!!!!

Muito obrigada a todos por nos apoiaram nessa fase mega louca da vida!! Amamos vocês!!
E enfim.. já viram o quanto a gente engordou, né?!

09out 2012

Primeira lagriminha… :’(

Postado por às em Amigos, Canadá

Nem saiu o visto, nem sabemos se realmente vamos pro Canadá (oi?) e cá estamos no interiorrr nos despedindo dos amigos e família.. (a pessoa faz isso sem câmera normal, anta).
Como sabemos que tudo vai ser mega corrido, porque marido tem que estar trabalhando no final de novembro e queremos ir um pouco antes pra ver apartamento, conhecer um pouco a cidade, etc, sem chegar já na rotina, a correria por aqui só cresce.
No domingo visitamos nossos cumpadis e como da próxima vez que estivermos em Rio Claro (caso a gente não consiga vender o carro no Rio, vamos mais uma vez pra RC), eles estarão nos EUA fazendo o enxoval do meu afilhado lindo e maravilhoso, estamos tendo que nos despedir oficialmente deles até abril… Quando eles falaram que vão viajar nos primeiros dias de novembro eu me toquei e fiquei triste e com saudades. Rolou lágrimas.
Daqui pra frente será assim: frenético e cheio de chororô. Queria colocar todo mundo na mala.. pode?

02out 2012

Coisas Para Fazer Antes de Ir Pro Canadá

Postado por às em Amigos

Sabe aquela lista que se faz do tipo: 1000 coisas pra fazer antes de morrer ou 1000 lugares para visitar antes de morrer, etc? Pois é, marido perguntou pra mim o que eu gostaria de fazer antes de ir pro Canadá. Pergunta difícil!!!
Listamos pouquíssimas coisas e todas elas são relativas a comida (vai gordinhos!!) e uma delas fizemos neste domingo: Tomar café da manhã no Forte de Copacabana. Marido não conhecia e eu nunca tinha tomado café lá. E lá fomos nós com nosso cumpadi e sua digníssima que não víamos fazia um bom tempo.

Lotaaaaado!!

Marido explicando algo sobre o Canadá.. (A gente só fala disso.. estamos chaaaatos…)

E eles prestando muita atenção!! rs…




PQP! Palmier!!! Nasci pra comer isso.



Será que vou sentir falta?! 



Ultra-mega-mini-sessão.

E sobre nosso visto… Ontem nossos exames médicos chegaram em Ottawa!! Ai que medo!!

07ago 2012

Vou Ser Madrinha!!! E Tia!!!

Postado por às em Amigos

Aim…. tô tão feliz!!! Lembram que falei que fiquei sabendo que um dia seria madrinha mesmo sem minha cumadre estar grávida?! POIS AGORA ELA ESTÁ!!!

Marido: _ Mo, Rodrigo perguntou se vamos lá esse final de semana, disse que sim, daí ele disse que está cheio de novidades:
_ IH! Bia tá grávida! Só pode.

Eu no Facebook inbox pra Bia:
_ Olha só! Se você estiver gravida e a gente for o milésimo a saber, te deserdo, hein?! hauahauha
(rodrigo disse pro alan que tem novidades.. a gente pensa logo nisso, ne? hajhahaha)
_ Como ele é chato esse meu marido!!
_ Alias, por aqui.. eu dei uma pausa..
_ Pq?
_ Primeiro que se eu engravidar agora, vai nascer em abril (hahahaha lembra que todos os Camanhos nascem em abril?)
_Hahaha
Fiz exame de farmácia ontem e hoje e deu positivo!
Não caiu a ficha ainda.
Vc é a primeira a saber!

Morri.E pra completar a criançada ariana que está por vir, vou ser tia do baby da Júlia e de uma outra amiga, mas que todos são praticamente da mesma semana são (rolou alguma festa pingaiada que não fiquei sabendo!) !!! Só falta uma outra amiga minha que também está tentando engravidar estar grávida também pra completar o time, quem sabe?!

(Eu não posso, porque chega de Camanho em abril!!!)

10mai 2011

Amizade

Postado por às em Amigos

Primeiro de tudo quero dizer que fiquei mega feliz com o resultado do sorteio que fiz. Muito bacana! E o vídeo também foi legal porque foi uma experiência que fiz pra um projeto que tenho há um tempinho, ele mudou de tema por circunstâncias da vida, mas tá valendo. Daqui 1 ano mais ou menos (ou não) vocês me verão mais vezes heheheh.
Mas na verdade estou aqui porque ontem conversei com o Alan sobre algo novo na minha vida: Amizades femininas. Isso mesmo.
Na minha infância, eu sempre fui a amiga de todos, sabem aquela menina que é feia, usa óculos, magrelona? EU! Pra conquistar as pessoas, sempre fui muito brincalhona e amiga.
Na adolescencia, na escola, como eu não enxergava direito, sempre sentei na primeira fila (desde a infancia), então meus amiguinhos eram os nerds e a Dani e Cassandra (sendo que a Cassie namorava, então era só na escola), já no prédio, éramos uma turma misturada e todo mundo brincava junto e saia junto.
Na faculdade de veterinária, nunca me enturmei com ninguém. Falava com todo mundo, mas não tive uma amizade. O pessoal era da farra e eu sempre fui nerd e namorava, até que terminei o namoro e comecei a namorar um menininho da faculdade também, mas acabou logo e logo depois eu saí e tranquei.
Fiquei 6 meses sem estudar, daí resolvi trabalhar em loja. Fiz amizades queridas que falo até hoje e era uma turma mais masculina do que feminina.
Comecei a faculdade de Design e pronto. Só amigos. Fiz muitas amizades masculinas de verdade: Alexandre, Renato, Morane (esse último perdi contato), entre outros colegas. Alexandre até me falou do que os meninos da zona pensavam: A gente tinha raiva de você! Achávamos que você era todo patricinha e metidinha a besta. hahahah Até termos que fazer um trabalho de grupo juntos e pronto.
Daí fui trabalhar como compositora, ou seja, fazia efeitos visuais de desenhos animados. Eram simplesmente 30 homens do meu turno e só eu de mulher. Nos 2 turnos eram 70 pessoas e acredito que 4 mulheres (uma delas é a Thalita, minha amigona/irmã de coração).
Por fim, nunca convivi muito com mulher, sempre com homem. Traballhei lá por 4 anos e muitas vezes eu era única nos 2 turnos. Passei por momentos complicados lá por ser mulher e todos os meus amigos de trabalho me protegiam, teve um que disse que um dos motivos que ele se estressou com o chefe e que foi mandado embora foi me protegendo! Fooofoo!! Mas me sinto meio mal por isso. Não tanto porque ele se deu muito bem depois. :)
Hoje em dia, sempre saio com alguns deles e de 6 em 6 meses organizo um encontrão pra todo mundo se rever, já que cada um tá numa produtora.
O meu maior desafio é amizades femininas. Ok. Minha melhor amiga é mulher (a Dani, nos conhecemos há 25 anos), mas as mulheres com quem me dou maravilhosamente bem são sempre as que tiveram a mesma criação que eu: Mais meninos do que meninas.
A Dani é excessão porque temos décadas de convivência, mesmo assim nos estranhamos de vez enquando porque não pensamos igual, mas ela é minha melhor amiga, só não podemos ficar 100% do tempo juntas. kkk.
Mas a Thalita, por exemplo, é nerd e toda menininha por fora, mas por dentro consegue falar de vômito almoçando sem problemas.
As meninas geralmente são mais delicadas e enfrentam vários tabus. Meus amigos quando falam palavras feias de sexo e tem algum homem que não me conhece, sempre arregala o olho pra mim, daí algum amigo fala: Carol é brother.
Até na sexta passada, quando saí com alguns amigos, um deles falou: Carol quando for velha vai ser que nem a Dercy Gonçalves hahahahahaha Não porque eu falo palavrão, eu nem falo, mas eu falo besteira de menino.
Mas por que pensei nisso?
Porque desde que assumi a fotografia em tempo integral, tenho convivido muito com mulheres. Já falei algumas vezes que trabalho pra um agência que a maioria é mulher e lá é papo de menininha.. coisa que nunca tive. Acho divertido. Até porque agora eu tenho que me arrumar mais pra trabalhar, antes além deu trabalhar numa produtora de animação, eram só homens e pra eu não chamar atenção, sempre fui de All Star (tenho uma coleção).
Daí o que me fez pensar ontem, foi que falei pro Alan: Acho que está surgindo uma amizade (ou não, who knows?!). Falo com relação a Malu que é fotógrafa de casamentos e estamos estudando juntas. Estamos cheia de planos e idéias e falamos pelos cotovelos. Sempre me dou bem com pessoas assim, pessoas que falam pelos cotovelos não conseguem ser falsas (minha teoria, tá?). Fora que temos muuuuuuuuuuuuuuito em comum: ela também perdeu a mãe pro câncer, largamos tudo pra viver de fotografia, nós somos nerds, nossos maridos são nerds, ontem no telefone descobrimos que nós duas somos mega empolgadas e que nossos maridos que seguram nossa bola (ahhaha), enfim. Como falei pro Alan: Sinto que está surgindo uma amizade.

25abr 2011

Um Convite Mega Especial

Postado por às em Amigos
Vou contar uma breve historinha:
Eu e Alan sempre vamos pra Rio Claro, interior de São Paulo, terra dele, pra visitar a família e rever os amigos. Por quase 2 anos juntos, saíamos sempre com 2 amigos dele por lá, sendo que o Alan tem 3 melhores amigos. Esse 3º eu não conhecia e só fui conhecer no dia do seu casamento. Rodrigo e Bia se casaram e antes estavam atrapalhados com coisas do casório e da casa em construção (e ainda está heheh), por isso não saiam. Ouvia boatos de que Bia era uma mocinha mega ciumenta e que não deixava Rodrigo sair junto com os meninos (nem com todos namorando), até pensei: deve ser chaaaataaaaaa. 
No dia do casamento deles, lá fui eu e conheci tanto o Rodrigo quanto a Bia, casal perfeito, os dois são lindos! Mas e por dentro? O Rodrigo já sabia que era gente fina porque o Alan falava, mas a Bia… não sei não…(se ela estiver lendo, deve estar me matando nesse momento haahhaha). Como era o dia do casamento, nem conversamos (lógico! Quem é essa aí com tanta gente pra eu conversar?! Pensa a noiva).
Logo depois na vez que fomos pra lá (falhando a memória total, não sei a ordem das coisas), fomos conhecer a casinha deles (que era da avó, não a que estava em construção) e conversamos, conversamos… daí logo depois eles vieram pra cá pro Rio e ficaram lá em casa e eu e Bia já começamos: BLA BLA BLA BLA BLA BLA BLA. E todas as vezes que íamos pra lá e eles pra cá, ficamos cada vez mais amigas e vimos que nós 4 combinávamos muito! O Alan e Rodrigo já se conheciam desde a 4ª série, então era normal essa amizade e o Alan chegou um dia e falou: Tava conversando com o Rodrigo e a gente comentou de ser muito legal você e Bia se darem bem. É até engraçado porque volta e meia (quase sempre) ficam os dois conversando e nós duas conversando.
Até que passamos 2 Reveillons juntos e até fomos “pruzistaduzunidus” juntos (eu e Bia ficamos 2 horas no mesmo corredor do Walmart vendo esmaltes e maquiagens enquanto os meninos rodaram o Walmart inteiro ahhahah). A amizade dos 4 cresceu. Nosso único problema é a distancia, mas volta e meia conversamos por vídeo via Skype e por email e Facebook sempre. Até nessa ida do feriado, comentamos do quanto nos damos bem e do quanto nós combinamos.
Só que dessa vez eles me fizeram chorar e até sonhar (literalmente) com a situação. No bla bla bla desse feriado (fomos pra lá), Rodrigo no meio da conversa começa:
_ Então, vocês sabem que eu e a Bia pensamos em ter filhos e tal e vamos em dezembro providenciar um e a gente queria saber se vocês querem ser os padrinhos.
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHH!!! Morri.com!!! (Essa é pra você Lili kkk).
Eu sempre fui frustrada por não ter irmã, ou seja, não ter sobrinho de sangue e sempre pensei que nunca seria madrinha de ninguém (pelas minhas contas não..:( )!!! Era uma das minhas frustrações mór! MEU DEUS! COMO ASSIM?!!
Estou radiante!! Mesmo meu afilhado(a) ainda estando na batata (piada interna).
AMEI mais que tudo!! Nem acredito que um dia (em breve) eu vou ser dinda de alguém!!! Que especial!!!! Vou amar muuuuito e morder muuuuito também!!! hahahaha
Feliz! MEGA!
14mar 2011

Cartas de Gratidão

Postado por às em Amigos

Nossa… 137614714 de coisas pra postar! Mas posso dizer que sei por onde começo.. Cartas de Gratidão.
Toda vez que tem um feriado grande (Carnaval então…) eu tenho a tendência de ficar com o horário australiano, daí ontem marido falou: Preciso dormir cedo porque amanhã às 5 tenho que estar de pé. Fomos deitar então às 00:30 (depois do BBB), daí voltei a ler (fiquei sem ritmo de leitura por 2 semanas, 1 devido ao jogo do PS3 que comprei e outra por causa do Carnaval).
Eu AMO esse escritor/psicólogo, o Irvin Yalom é fantástico, daí que se gosto de um escritor, quando lança um livro, nem leio sobre o que é e compro logo, e comecei a ler o “De Frente Para o Sol” que ganhei há 2 anos. Como não sabia do que se tratava, logo na introdução ele fala que vai falar sobre a Morte. Definitivamente não gosto desse tema, e já nas primeiras páginas pensei em parar de ler, mas dei créditos ao autor e continuei, óbvio que ele me prendeu de novo, como sempre, e me fez esquecer esse tema tão temido. Simplesmente em outro livro (do Brian Weiss, outro escritor/psicólogo MARAVILHOSO!) eu descobri o porque tenho medo de morrer, então já é assunto encerrado. Irvin é fantástico e começa a falar citando suas histórias com pacientes estando a beira da morte ou simplesmente com medo mesmo jovens como nós.
Mas o que quero falar aqui foi algo que me deixou motivada, isso não tem nada a ver com a morte (no livro tem uma linha de raciocínio que se eu falar aqui vai ser um big post), mas tem a ver com a vida e com deixar as pessoas felizes que são as cartas de gratidão. Ele usa isso na terapia e já fez com ele próprio e resolvi fazer também por mil fatores.
Primeiro vou explicar o que é:
Carta de gratidão é você escrever uma carta (dã!) para alguém que você é muito grata por algum motivo e explicar o motivo da sua gratidão.


O efeito:
A pessoa que recebe, na maioria das vezes não sabe dessa sua gratidão por ela e com certeza vai ficar muito feliz em saber que te ajudou de alguma forma. E se ela sabe, saber dessa forma é uma maneira beeem deliciosa, né?

Os fatores que resolvi fazer:
Deixar a pessoa feliz e saber dos meus sentimentos por ela;
Quero fazer a carta à mão e enviar por correio porque isso hoje em dia é raro e é muito legal receber uma carta “à moda antiga” em vez de e-mail;
Talvez incentivar as pessoas a fazerem isso por si e pelos outros, uma atitude tão simples, mas tão bacana.

Enfim, é isso. eu já escolhi minha primeira pessoa e vai ser minha professora de costura que passou pelas mesmas coisas que eu e me mostrou que não tem medo de ser feliz nem de fazer exames hehe, sinto muita falta dela, mas ainda não posso ($$) voltar as aulitchas que são minha terapía.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...