09dez 2013

O Dilema da Foto

Postado por às em Whatever

Desde que engravidei ficava pensando em fazer um zilhão de fotos do meu filho e realmente é o que eu faço. Na verdade eu fotografo e filmo ele toda hora, cada gesto, cada novidade, uma foto ou um vídeo, porém, ironicamente fiquei cagona em mostrar meu filho pra todo mundo, pra gente que não conheço e pra quem falo pouco. Ironicamente porque sou fotógrafa e dependo da autorização dos meus clientes pra mostrar o meu trabalho para novos clientes me acharem e claro que alguns não autorizam. Hoje eu suuuper entendo eles, mas antes ficava chateada, principalmente se fosse algo mega interessante pra mim.

Acho que o problema maior está porque eu sinto muuuito ciume das minhas fotos. se tem duas coisas no mundo que tenho ciúme mega forte de me remoer por dentro, são das minhas amizades e das minhas fotos. Possessiva mesmo!! Fico muito brava!! E eu vejo várias fotos do meu trabalho sendo compartilhadas em Facebook por milhares de pessoas com frases de auto-ajuda, sendo a pessoa que fez isso cortou a minha logo da foto e/ou não deu crédito ao meu trabalho. Já vi inclusive, fotos daqui do Flicka em sites de maternidade, fotos das minhas fotonovelas com interpretações minha super dramáticas e realistas perambulando pela internet sem a minha autorização.

Enfim, ainda não sei o que pensar sobre postar fotos do rosto do Nicolas, pois onde elas podem parar? E até que ponto isso pode ser prejudicial a ele? O que vocês acham? O que vocês fazem? Ou quem não é mãe, o que fariam? Ó Céus!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

12 comentários deixe um →

  1. Waleska Gusmão

    Difícil isso… Tipo, no nosso caso que moramos longe dos amigos e da família acho que complica mais ainda, pq será através das fotos que meus sogros, cunhada e amigos poderão acompanhar o crescimento do futuro remelento, mas por outro lado sabe-se lá o que poderão fazer com as fotos? :/

    Responder
  2. Flicka, estou longe de ter filhos mas já tenho opinião formada sobre o assunto. Eu acho que colocar uma foto ou outra tudo bem, mas eu super não acho legal pais que expõem demais o filho na internet. Tipo, acho as crianças fofinhas e tudo o mais, mas eu não sei se depois de crescida eu gostaria de perceber que minha mãe simplesmente compartilhou tudo meu na internet. Pôr uma foto do bebê todo cobertinho, dormindo, tudo bem, mas foto do bebê indo trocar a fralda, e fotos em todas as situações possíveis eu já acho demais. Se coloca no lugar do seu bebê ao tirar fotos dele e ficar em dúvida se você posta ou não: você ficaria constrangida se na sua adolescência você visse uma foto sua nessa tal pose na internet? Você iria achar fofinho ou ia ter vontade de brigar com sua mãe? rs

    Beijos!

    p.s. Também sou hiper mega ciumenta com minhas fotos e não gosto nem um pouco que as usem sem minha autorização, e olha que nem sou fotógrafa profissional, rs. Tirar seu logo das fotos é o fim!!!

    Responder
  3. Hey, Carol. Ahaha que mamãe coruja <3 gracinha!
    Ahh nem encaro como possessividade, sabe? Você está certa, pois a foto foi feita por você, e tirar o logo é errado. Pelo menos deixe a assinatura lá, sabe? É anti-ético tirar. Plágio, que é crime.
    Beijos <3

    Responder
  4. Oi Carol!

    Eu nunca comentei no seu blog, mas tem uns meses já que acompanho por aqui e sempre me divirto muito! Por um lado, entendo sua preocupação com a exposição e também com a apropriação indevida do seu trabalho. Por outro, fico pensando que é tão legal poder ir acompanhando as fases e fofuras… acho que a internet tem disso: um monte de gente tosca que rouba suas fotos, mas muita gente legal também que torce por vcs e gostaria de ver as fofuras e coisas legais.
    Então, pensando do meu lado, que não te conheço mas já gosto de vc, acho que: ponha fotos sim! ;D hehe
    Não tem alguma forma de vc “proteger” as fotos, deixando que seja impossível alguém copiar ou salvar elas? Pode ser uma solução também!

    Parabéns pelo Nicolas e muitas felicidades pra vcs!

    Beijos

    Responder
  5. Bom, o fato que suas fotos são lindas e mesmo essa que mostra só um detalhe (fofíssimo por sinal!) já chama a atenção. No seu caso eu continuaria com as fotos esporádicas, ou de detalhes isolados como essas. E nas redes sociais, limitar quem terá acesso a elas. Bjos

    Responder
  6. Cara, eu acho isso super pessoal.
    Eu também ficava chateada quando cliente dizia que não queria, mas sempre respeitei. Também por que eu já era mãe quando comecei né? Eu lembro de ter ficado um pouco preocupada no inicio mas depois relaxei. Hoje em dia é confortável pra mim postar fotos dele, mas nem todas. Algumas eu prefiro não postar, mas isso isso assim como faço com histórias, tem posts privados no blog que contam coisas que não sei se ele gostaria que eu revelasse, entende? Então tá lá, no dia que ele crescer e acessar o link vai ler, mas sabendo que ninguém leu, ficou só pra gente.
    Enfim, acho que você tem que ver até onde se sente confortavel. Se seu sentimento de proteção estiver falando mais alto, deve se respeitar.

    Responder
  7. P.S.: Que foto liiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiinda!!! ♥ :)

    Responder
  8. Nayra

    Eu super te entendo… Não sei como vai ser quando for a minha vez, mas hoje em dia é tão difícil controlar isso, né? O impulso, a vontade de mostrar para os amigos, enfim… Correr ou não o risco? Faça o que seu coração mandar. E se no momento ele te pede esta ‘silêncio fotográfico’ (filosofei pra caraca), respeite isso. Quem sabe mais pra frente você encare de outra forma? beijinhos

    Responder
  9. Eu to longe de ter filhos e nem sei se terei eventualmente, mas.. eu compreendo e respeito. Ainda mais pelo Nicolas ser tão pequeno eu acho isso algo muito íntimo. Quando ele ficar maiorzinho, super acho okay se você se sentir confortável. Eu acho que cada pessoa tem seu jeito e deve preservar sua família do jeito que acha correto. Super respeito e entendo sua visão. Na hora que você quiser compartilhar a carinha linda dele, você o faz, até lá, guarde ele pra você mesmo porque ele é todo seu e de mais ninguém!

    Responder
  10. Imagino o seu dilema. Acho que na dúvida, não deveria postar não.
    Eu ficaria triste com isso, pois amo as suas fotos e seu filho é fofo de mais! *-*
    E deve ser péssimo encontrar uma foto sua sem os créditos.
    Beijos e tenha uma ótima semana!
    :)

    Responder
  11. Pensei muito nisso ultimamente, principalmente por eu fazer o 52 weeks da Alice. Tomo muito cuidado com o tipo de foto que posto dela, no começo eu até me “esforçava” mais e fazia fotos com a câmera profissional, pensava em cenários etc, com o tempo fui deixando isso de lado e agora uso mais o celular, justamente pra evitar que as fotos fiquem com uma qualidade super legal e saia perambulando por aí sem permissão. Por outro lado tem esse negócio de expor uma criança e tal e depois de pensar muito nisso, resolvi que quando acabarem as 52 semanas, ela já vai ter mais carinha de menininha e as fotos, no blog principalmente, serão praticamente nulas. No fbook eu já bloqueio boa parte do que publico então é mais fácil controlar, mas no blog eu não pretendo mais postar fotos da Alice com tanta frequencia. Talvez seja neurose, na verdade é também, afinal nós não sabemos o que passa na mente de quem nos acompanha online.
    Beijo beijo!

    Responder
  12. renata mello

    Carol, meu comentário não tem relação com o post. Mas é que percebi que vc ainda não mudou o seu perfil e ainda está só como mãe de dois peludinhos.

    Responder