30jul 2013

Diabetes Gestacional

Postado por às em Canadá, Gravidez, Médicos

Cri… cri.. cri… é o som mais comum daqui do blog ultimamente, né?! Acho que tudo vai melhorar a partir da semana que vem… resumindo meu sumiço junte as informações: marido em casa, mudança de casa, curso intensivo de inglês e diabetes gestacional. Sim.. isso mesmo.. a pessoa desenvolveu a diabetes e ela simplesmente não faz parte de nenhum grupo de risco!!! Não sou obesa, não engordei horrores na gravidez, não tenho hereditariedade, minha pança não cresceu demais, etc. Minha midwife falou inclusive que eu não precisaria fazer a curva glicemica (aquele que você vai no laboratório e bebe uma fanta laranja sem gás, depois de 1 hora tira sangue e depois de 2 também), mas eu quis fazer e foi a sorte! Descobri minha diabete gestacional cedo, com 29 semanas.
Vocês sabem que sou A-PAI-XO-NA-DA pelo sistema de saúde do Canadá, né? Pelo menos no quesito gravidez não posso reclamar de nada!!! E agora vou dizer o porque essa paixão aumentou em 29874962429 de vezes.

Fiz lá minha curva glicêmica e deu positivo, minha midwife disse:
_ Agora o hospital vai te ligar pra marcar nutricionista. Aguarde, que eles vão te ligar.
_ Oi?!?!?! ELES que vão me ligar?!?! Entendi direito?! (Porque né? Tudo em inglês.. )
_ Isso. Deve demorar um pouquinho, acredito que na semana que vem. (Era uma quinta!)
Segunda-feira eles me ligaram (!!) marcando pra quarta (Tô falando… sistema PÚBLICO!!) e lá fomos eu e marido na quarta de manhã.


Chegamos lá, na hora de avisar pra recepcionista da área exclusiva para gestantes diabeticas, me deu uma pastinha vermelha com 8724682 de páginas e tabelas pra eu ler com calma em casa, daí uma enfermeira me chamou pra uma salinha e me disse que toda vez que fosse lá eu deveria fazer xixi no potinho e molhar o palitinho nele (me deu um palitinho todo colorido) e eu deveria comparar numa tabela que estava nessa salinha. Além disso eu deveria também me pesar sempre.

Depois dela, fomos pra outra sala de espera e uma clinica geral me chamou. Ela fez todas as perguntas que queria, já estava com TODOS os meus exames em mãos, inclusive as ultras do baby, mediu minha pressão e “me devolveu pra sala de espera”. Nem 1 minuto depois, o endocrinologista me chamou pra sala dele e disse que eu deveria voltar em 1 semana pra ele ver meus exames de sangue que eu teria que tirar com a alimentação certa que iriam passar pra mim. Mediu também o tamanho do meu utero e “me devolveu pra salinha”.
No máximo 2 minutos depois, uma outra enfermeira me chamou pra sala dela. Chegando lá, ela conversou comigo sobre tirar sangue de 3 a 4 vezes por dia e marcar na minha super pastinha vermelha, além disso me emprestou o aparelhinho para eu medir em casa meu sangue que vou devolver pro hospital depois de parir. E “me devolveu pra sala de espera”.

Agora a parte mais demorada… 3 (TRÊS) minutos depois, a nutricionista especializada em grávidas diabéticas me chamou. E lá fomos nós.
Ela entendia de TUDO de comida brasileira e disse que eu podia comer sim arroz com feijão, só que a quantidade era muito pequena. Eu teria que marcar meu sanguinho todos os dias durante 1 semana, um dia antes das refeições e no dia seguinte 1 hora depois das refeições. Me tascou pra comer de 3 em 3 horas sem mudar meu horários e sem mudar minha alimentação bruscamente.. foi TOTALMENTE personalizada a minha dieta. Ela perguntava o que a gente costuma comer em cada refeição, inclusive em restaurantes e adaptou pra minha dieta. Claro que doce eu fui proibida, inclusive meu vício de frutas… ela tascou frutas somente no lanchinho da manhã e no lanchinho da tarde. Alan até perguntou se eu poderia comer algum dia da semana um docinho, e ela respondeu:
_ A diabetes não fala: Então tchau! Até segunda!!
Rimos horrores!!
Além disso, passou também um exame de urina que eu teria que fazer todos os dias antes do café-da-manhã e antes da janta chamado Ketones. E no final, pediu desculpas por não poder ficar mais com a gente (30 minutos) porque tinha muita gente esperando lá fora.
E finalmente lá fomos nós pra casa. Cheguei as 8:15 lá e mesmo sendo atendida o tempo todo na hora, saí de lá do hospital as 11:00!!!
Estão entendendo minha paixão pelo Canadá?!! Muito obrigada.

Meus lanchinhos da tarde (Pao com cottage, peito de peru e damasco (novo vício) e Pão com queijo e cherries (novo vício também):

Biscoitinhos de maizena e frutinhas:

Meus lanchinhos da noite (depois da janta): Activia com nuts e frutinhas e mamãozinho com nuts:

E uma das minhas jantas gourmets que marido fez (Batatinhas, salmão com cobertura de queijo e legumes):

1 semana depois, lá fomos nós… eu rezando pra não tomar uma esporro muito grande pelo dia que estrapolei na pizza e o resultado deu 7.3 (máximo tem que ser 7.2, 1 hora após comer)… e também pelo meu xixi ter marcado marrom algumas vezes, sendo que tinha que dar negativo.

No hospital, fiz xixi no copinho e deu tudo negativo :D, mas meu peso… 1,2kg a menos! Em 1 semana!! Mesmo comendo demais, porque pelo que ela me passou fiquei totalmente sem fome… ok.
Sentamos na salinha de espera e nem esquentamos a cadeira quando o endócrino nos chamou. Ele viu a tabela que eu preenchi com os resultados e disse que eu não era caso de insulina (EEEEEEEE) e mediu o tamanho do meu utero e deu normal, mas falou que eu precisaria ir na nutricionista pra ver o porque estava perdendo peso e falou pra eu voltar lá em 3 semanas somente :D.
Dessa vez nem sentamos na salinha de espera e veio a enfermeira já levando pra salinha dela e mostrando que agora eu iria medir dia sim dia não e conferiu meu aparelhinho pra ver se estava todo ok. E lá fomos nós pra sala de espera.
Sentamos, levantamos em 10 segundos, pois a nutricionista nos chamou: “My brazilian couple!!!! Come on in!!!” <3 Morri do meu coração de carinho.
Ela viu minha tabela e perguntou se estava com fome, disse que não, mas daí ela mesmo assim aumentou de 3 porções de carboidrato pra 4 porçoes no café da manhã e almoço e me liberou frutinha nas refeições principais (EEEEE!!). Falou que não queria que eu perdesse peso, nem mantesse, eu tinha que engordar. Falou pra eu ir testando meus limits, já que meus resultados estavam bem abaixo do permitido e pra eu NÃO fazer exercício!! (EEEEEEE!!!!). Daí Alan perguntou:
_ A gente tem festa da vizinhança hoje, ela pode comer algum doce?
Eu me intrometi e disse:
_ AH! É!!! E vou ter chá de bebê também..
Ela: _ Agora que sabemos que é só controlar sua alimentação que seu organismo dá conta, você pode comer sim nesses eventos.
_ Mas posso comer até bolo?!?!?!
_ SIM!!! 1 vez não vai fazer mal, fica tranquila.
E pronto.. nos despedimos e eu sai de lá feliz da vida por não precisar de insulina.. agora só depende de mim :D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

21 comentários deixe um →

  1. Oi Carol, é a primeira vez que visito o teu blog. Ainda bem que descobriste cedo a diabetes gestacional, assim podes desde já controlar e garantir uma melhor saúde para ti e para o bebé. Um óptimo dia para ti. Beijinhos

    Responder
    • Olá Telma!
      Seja bem vinda!!!
      Pois é! Sorte que descobri cedo e está sendo super controlada :D
      Super beijo pra ti e volte sempre!!

      Responder
  2. Q bom q fez o teste e descobriu logo no início e está tdo sob controle. Vc tá lindona. Gente, q clinica é essa? A maioria das particulares aqui não chega aos pés. E nem plano de saúde liga na 2a. e consegue todas as consultas na 4a. feira.

    hj reencontrei um amigo da capoeira q tá morando no canadá há quase 1 ano e está apaixonado, lendo seu post, só lembrava dele. Realmente, é outra realidade da q vivemos.
    ele tá colocando pilha pra eu me inscrever no programa pra ir, até me mandou o link e entrei no site, mas olhei mto rapidamente. não sei!!!

    Beijosssssssssssssssss
    ┌──»ʍi૮ђα ツ

    Responder
    • VEEEEEEEM!! VEM sim Micha!!!!! Aqui é TUDO!!! Eu to amando!! Daqui a pouco faz 1 ano que estou aqui e continuo encantada :D
      Realmente o sistema de saude daqui é incrivel!! Nao sei como pode ser assim… hehehe

      Beijocas!

      Responder
  3. Nossa, que coisa boa! (bem, dado que descobriu a diabetes gestacional, que poderia ser algo perrengue, que bom que o sistema aí é super atencioso, eficiente e que a diabetes está sob controle!)
    Vou ficar torcendo para a diabetes não te atrapalhar muito (e deixar vc comer umas guloseimas de vez em quando :)
    Beijinhos!

    Responder
    • Até que nao ta atrapalhando nao, Helen! Tirando o fato que me da vontade de comer sorvete nesse verao (com casquinha) e os doces maravilhosos daqui, eu consigo me controlar :D De vez enquando me dou de presente uma graça, mas muito pouquinho só pra nao aguar.. ahhahah
      Beijos!!

      Responder
  4. boa sorte imagino que quando vc ouvi essa noticia deve ter ficado assustada, mas que bom que esta tudo bem e boa sorte para você e seu bebê vai dá tudo certo.

    Responder
    • SIM! Super chorei!!! Mas agora já to tranquila :D

      Responder
  5. Izabel

    Oi Carol. Eu conheci o seu blog atraves do da Ana, que leio ha muito tempo. To mudando pra Vancouver daqui uma semana e estou gravida tambem, queria tirar uma duvida basica com vc… Vc achou tranquilo se comunicar com todos medicos em ingles, entender termos e afins? Claro que depende do ingles de cada um, mas fico um pouco ansiosa com isso. Bjoss

    Responder
    • Olá Izabel!

      Te mandei um email!! De qualquer forma dá pra se comunicar em ingles sim pq os canadenses estao muito acostumados com os imigrantes e eles sao super pacientes hehehe Eu que nao tenho paciencia de me explicar.. aff. ahhaha

      Mas dá uma olhadinha no seu email.

      Beijocas!!

      Responder
  6. Silvia

    Tem umas coisas que são “bizarras” nesse “negócio” de grávida: não é a primeira, nem a segunda, nem a terceira história que escuto onde a mulher que não tem a menor chance de ter o problema X, “bate o pé” faz o exame e descobre que tem o problema. Tipo o seu caso, não engordou, come frutas variadas e não teria a princípio o menor risco para a doença. Mas ainda bem que você decidiu fazer o exame! Qdo eu fiz eu fiquei tão enjoada, mas tão enjoada q achei q não ia aguentar as 2h, e aqui você tem que ficar em repouso durante as 2h, um saco!

    Não precisar de insulina ou outro tipo de remédio é uma notícia ótima! E bem, daqui a pouco acaba né? E vc já sabe que no próximo baby é só controlar melhor desde o inicio a ingestão de carboidratos. Eu nem sabia que cereja e mamão podiam! Mas sempre soube q algumas frutas são um problema pq tem alto IG e eu sempre achei bizarro isso. Eu odeio carboidratos! Quer dizer, amo, mas odeio pq eles são o meu pior inimigo.

    E não pode deixar de se alimentar de 3 em 3h , outro erro q eu cometo, pq isso faz com que a curva glicemica fique mais instável dificultando o controle do diabetes.

    Beijos e se cuida!

    Responder
    • Pois é.. tenho comido de 3 em 3 horas sempre agora… como os medicos disseram, a vantagem de ter diabetes gestacional é que tem habitos que posso levar pr aminha vida toda, como comer de 3 em 3 horas hehehehe Pelo menos uma vantagem tem que ter, ne?!
      Todas as frutas eu posso comer, mas somente do tamanho de uma mao fechada que equivale a uma porcao.. como eu posso comer 3 porcoes… :D
      Beijocas!

      Responder
  7. Oi Carol!
    Que bom que vc descobriu cedo, pode controlar na dieta e não precisa de tomar remédio! Você está uma grávida linda, pelo que vi nas fotos. Vamos tentar nos ver qq hora dessas, a menos que vc não queira meeeeesssssmo sair na companhia de pessoas tão jovens como nós! :(
    rsrsrs
    Bjjjs e tudo de bom!
    Cecilia

    Responder
    • Vamos nos ver sim Cecilia!!!!! Acho que a gente nao se ve desde o Polar Bear!!! Será???
      Tem um tempinho que estamos sem tempo pra nada e recebemos uma galera em casa no susto ahhahaha.
      Vamos ver se a gente se encontra antes deu parir!!! Pq aí dps sei la como vai ser a vida, neam?!?!? :D
      Beijao!!!!

      Responder
  8. 1. MEU DEUS QUERO CASAR CA SUA MÉDICA! Fui numa nutricionista aqui (que era o ó do borogodó do Itaim Bibi) que não ficou nem 10 minutos comigo e me deu uma receita impressa padrão (dessas que tem em revista de banca), queria morrer!

    2. COMASSIM já tá de 29 semanas (mais agora, né?!) parece que foi anteontem que você mudou e ontem que contou do bebê! <3

    Beijos, muitas saúde e muitas frutas pra você. ;)

    Responder
    • hahahahaha essa medica é TUDO mesmo!! Eu fui a uma no Brasil na epoca que fazia academia (oi?) e ela me deu uma refeicao mega generica tb… a unica vantagem foi que ela me ensinou a comer salada, principalmente alface, mas de resto ela nao se baseava no que eu comia e eu tie que mudar 100% o que eu comia… Uó!!!

      Pois é!! Passa MEGAAAAA Rapido!!! Ja to com uma pança gigante!!! ai ai…
      Beijocas!!

      Responder
  9. Carol, foi muita sintonia mesmo fazermos o mesmo post na mesma época. Com a diferença que, graças a essa sistema maravilhoso daí, vc não sofreu como eu. Eu sofri muito – tb por todo meu histórico com essa “doença” que me ronda e com a qual me ligo profundamente.
    E tb pq o médico meio que me disse que eu tinha de ser exemplar no comportamento pra baixas as minhas taxas e ter o meu parto domiciliar.
    E tb pq a nutri é bemmmm diferente de todas as que passei e foi bem ferrenha comigo, sua dieta é luxo pra mim, kkk.
    Mas apesar dos pesares eu estou bem agora, me cuidando e com a certeza de estar dando o melhor em termos de nutrição pra Lívia.
    Mas fiquei bem intrigada com a sua diabetes sem NENHUM fator de risco atrelado… terá sido por causa dos pratos de gordices?? Esses pâncreas safados, hahaha.
    Bom, bola pra frente, estamos lindas e assistidas e com bebês pra lá de saudáveis… mta fofura e emoção pra reta final!!! Não deixe de escrever sobre.

    Bjocas.

    Responder
    • Entao.. os medicos dizem que isso acontece mesmo… é raro, mas acontece de nao ter nenhum fator atrelado.. eu cai nessa raridade… legal. (sqn)
      Mas o bom é isso mesmo, estamos sendo assistidas e vamos arrasar com nossas fofuras!!! :D

      Responder
  10. Que bom que está ocorrendo tudo bem para você e seu baby *o*
    E todo esse atendimento de qualidade foi em hospital público? Adeus Brasil, vou morar no Canadá hahahaha.

    Responder
    • hahhhhahah pois é… o hospital publico daqui até me assusta com a qualidade.. fico besta mesmo!

      Responder
  11. Oi Carol! Segui seu link la no post do Saaanta. Super depoimento! Obrigada por compartilhar! A minha foi descoberta com 24-25 semanas, tb cedo. Sim, eu entendo sua paixao pelo Canadá. É como a minha pela Alemanha. Os sistemas de saúde daí e daqui são parecidos. E tb já estive aí e amei! Cogitei seriamente me mudar praí, mas vim parar aqui. Beijos!

    Responder